Cadastro on-line da UFRN é destaque em evento nacional

Foto: UFRN

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) foi destaque na reunião do Colégio de Pró-Reitores de Graduação da Associação Nacional das Instituições Federais de Ensino Superior (Cograd/Andifes), realizada virtualmente nesta quinta-feira, 11. O encontro contou com a participação da pró-reitora de Graduação e do diretor de Administração e Controle Acadêmico da UFRN, Maria das Vitórias Vieira e Josemar de Oliveira Júnior, que apresentaram as novas estratégias adotadas no contexto da pandemia para os procedimentos de recepção e análise documental para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu 2021).

Os gestores da UFRN expuseram aos participantes o planejamento da Prograd para o cadastro e matrícula 100% online, que serão realizados em abril deste ano, por meio do Sistema Integrado de Processos Seletivos (SIGPS). Desenvolvido pela Superintendência de Informática da UFRN (Sinfo), o SIGPS foi utilizado em janeiro de 2020 como forma opcional para a inserção de documentos e, mais recentemente, para o cadastro 100% online dos ingressos por meio das vagas residuais. A plataforma também será o meio de cadastramento e matrícula dos 1.400 estudantes dos cursos de Ensino a Distância (EaD), que acontecerá ainda em março.

A plataforma passou por aprimoramentos para o cadastro dos 7.106 estudantes via Sisu. “Este é mais um desafio em que iremos trabalhar, juntamente com as primeiras bancas de heteroidentificação para pessoas negras na UFRN”, declarou Maria das Vitórias. O funcionamento do SIGPS foi detalhado por Josemar de Oliveira, que explicou os fluxos de submissão para candidatos, validação de documentos, configuração e análise das bancas.

Também foram compartilhados no mesmo painel os casos da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) e da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), com a posterior discussão entre os participantes para a troca de experiências. Ainda haverá debates no decorrer do dia sobre as políticas afirmativas nas universidades no contexto da pandemia, em especial os procedimentos e o papel da comissão de heteroidentificação, com seus desafios e possibilidades. O Cograd tem como objetivo discutir, analisar, propor medidas e ações sobre o ensino de graduação nas universidades federais, e a programação da primeira reunião de 2021 foi pensada principalmente em contribuir para a recepção dos calouros que irão ingressar por meio do Sisu.

 

Deu no Portal da UFRN

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.