PENSE! Encontro promovido pela UFRN discute a pessoa idosa no contexto da pandemia

Foto: Divulgação

O Departamento de Comunicação Social (Decom/UFRN) realiza mais uma reunião do projeto Encontros Dialógicos: Vidas e vozes que importam. Com o tema A pessoa idosa e o aprofundamento das desigualdades e discriminações na pandemia, o encontro será realizado nesta quarta-feira, 29, das 16h às 18h30, na plataforma Google Meet (https://meet.google.com/gaw-uibh-bwc). As reuniões são abertas aos públicos interno e externo à Universidade.

O projeto organiza, ao todo, dez encontros que abordam o processo de enfrentamento das violações de direitos aprofundadas no atual cenário da pandemia do covid-19. Para esta semana, os convidados serão Graça Leal, militante e ativista social na luta pelo Bem Viver, terapeuta corporal e sub coordenadora do Programa do Artesanato do RN (Proarte); Fátima Costa, cientista social, professora aposentada do Estado de Pernambuco e membro da organização membro da ONU, a Sociedade São Vicente de Paulo.

Além da presença de Irene Cardoso, promotora de Justiça do Ministério Público de Pernambuco(MPPE), coordenadora do Grupo de Trabalho sobre o Racismo, do MPPE e integrante do Coletivo Transforma do Ministério Público; e Gilka Silva Pimentel, vice-presidenta do Sindicato dos Professores da UFRN (Adurn), especialista em Psicopedagogia e coordenadora de inclusão do Núcleo de Educação e Infância da UFRN (NEI).

Em cada encontro semanal, de junho a agosto, o projeto busca dialogar com representantes da sociedade civil e do sistema de Justiça sobre as populações, comunidades, territórios e grupos em situação de vulnerabilidade e hipervulnerabilidade. O foco das discussões são as ameaças à saúde acompanhadas da intensificação das históricas violências aos seus direitos humanos mais básicos, como o direito à vida, à água, à alimentação, à educação, à cultura, à acessibilidade, à moradia, à terra, ao trabalho, à liberdade de expressão e à comunicação.

O projeto Encontros Dialógicos, coordenado pelas professoras e pesquisadoras Aline Lucena e Patrícia Paixão, consiste numa ação de extensão do Departamento de Comunicação Social (Decom), integrada às atividades do Observatório Latino Americano de Comunicação, Mídias e Direitos Humanos (Amaru), do grupo de pesquisa Epistemologias e Práticas Transformadoras em Comunicação, Mídias e Cultura (Ecomsul), do grupo de estudos Epistemologias Subalternas em Comunicação (DesCom) e com participação de estudantes do Programa de Pós-graduação em Estudos da Mídia (PPgEM).

Nesta edição, o evento contará com a parceria do Comitê de Serviços de Tradução e Interpretação de LIBRAS da Secretaria de Inclusão e Acessibilidade(SIA/UFRN). Essa ação pretende contribuir com o processo de enfrentamento das desigualdades e discriminações recrudescidas no atual cenário da pandemia da covid-19.

 

Fonte: Decom

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *