NÓS DOIS (Francisco de Sales Felipe)

Basta um pouco da nuvem branca do teu riso.
Depois, a taça do vinho branco para lembrar.
São meus momentos nos nossos acasos.
E vamos nós dois nessa ilusão sem palavras.
Um do outro só o nome. Esta confissão divina.
E vamos agora que o amanhã vem chegando.
E todo esse silêncio diz melhor sobre o fogo
Que arde na ausência. Essa presença teimosa
De nós dois nessa dimensão compulsiva
De loucos amantes que vão por aí silenciosos.
Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.