O REFLEXO NO ESPELHO (Celso Cruz)

Pin em Minhas Artes

Busque e encontre razões que justifiquem o viver
Não se encontra o amor quando se perde a razão
Eles juntinhos costumam domar a emoção
E recebem sempre em visita uma tal felicidade
Que costuma vir acompanhada do simples e da humildade.
Convide a alegria pra dialogar com sua tristeza
Ela vai encontrar caminhos e convencer com destreza
Que o somar e o dividir regem a boa convivência
Que sentimentos e razões moldam-se, formam uma nova essência
Dando sentido a vida mostrando lógica e beleza.

Diga eu sou, eu quero, e faça
Ligue-se no presente e nele concentre energia
Libere o sorrir, deixe-o brincar com a alegria
Que o colorido da alma ganha mais brilho e mais cor
Só divide quem tem, por isso se tenha amor
Se em visita, curta mas, não convoque a saudade
Deixe que aflore no hoje o saber, a vaidade
Alicerçado no ontem planeje o amanhã
Envaideça-se, se curta, seja sempre seu fã
E seu reflexo no espelho será felicidade.

Compartilhe:

Comentários (4)

  • Otoniel Othon Responder

    Celso, é simples e direto. Nos envaidece

    12 de agosto de 2021 at 13:54
  • Borges Potiguar Responder

    Celso Cruz é um poeta filosófico, trás em seus poemas luz com a filosofia.

    12 de agosto de 2021 at 09:09
  • Borges Potiguar Responder

    Celso Cruz é um poeta filosófico, trás em seus poemas luz com a filosofia.

    12 de agosto de 2021 at 09:08
  • Marcos Cruz Responder

    Celso Cruz é o meu espelho!

    11 de agosto de 2021 at 13:20

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.