‘Papo de Fogão Raiz’ encerra temporada no Youtube e prepara livro com receitas histórias da cozinha tradicional natalense

O programa visitou feiras, botecos e mercados para apresentar a cozinha típica de cozinheiros e cozinheiras que trazem suas receitas de memória familiar. Temporada termina dia 10 de abril apresentando a receita do caldo de mocotó servido nas feiras e a taça de camarão de um boteco do Beco da Lama

Guisado de boi de Cileide – Divulgação

Um registro de receitas quase desaparecidas, personagens folclóricos e histórias apoiadas pelo calor do fogão. Assim pode-se resumir a temporada do programa Papo de Fogão Raiz – Feiras, Mercados e Ruas, que mapeou a cozinha tradicional de Natal de agosto de 2021 a abril de 2022.

O programa encerra sua temporada no próximo dia 10 de abril, mas o legado se estende com a publicação do livro de receitas reunindo os modos de fazer e as histórias desses personagens guardiões de receitas típicas.

O último episódio apresenta ao público a cozinheira Cilene Silva, que trabalha em diversas feiras de Natal preparando uma comida deliciosa.

Ela vai cozinhar suas especialidades: caldo de mocotó e um guisado de boi. Outro cozinheiro de mão cheia e famoso pelos pratos do Buteco no Beco é Kennedy Dantas, que vai preparar um camarão na taça. O programa vai estar disponível no Youtube do programa Papo de Fogão, nas tvs abertas de Natal e outras cidades.

“A primeira temporada foi muito gratificante. Mostramos que em muitos lugares nos becos, botecos, feiras livres e mercados também podemos degustar a boa gastronomia.

Comidas de raiz preparadas por pessoas simples e que tem um carisma enorme”, comenta o apresentador Fernando Amaral.

LIVRO

O projeto Papo de Fogão Raiz não se encerra nos programas que estão disponíveis no Youtube. Em breve, todas as receitas estão sendo compiladas em um livro que deve ser publicado nos meados de maio de 2022.

O livro, de 80 páginas em cores, está sendo finalizado e vai contar com todas as receitas preparadas nesta temporada, trazendo um pouco da história dos locais e dos seus participantes.

Cileide durante o preparo – Foto: Divulgação

Foram dez episódios fazendo o registro inédito de receitas populares gravadas nos locais de origem e preparadas por seus criadores: Bar e Restaurante da Neide, Bar do Zé Reeira, Butecos Bar, Bardallos, Bar do Pernambuco, Dona Francisca e dona Cileide na Feira do Alecrim, Borogodó Bar e Bar do Pedrinho, entre outros.

As receitas vão desde o Chambaril, carneiro, galinha caipira, Ginga com tapioca, baião do mar, camarão, ova frita e muito mais. O registo traz cenários ricos e coloridos do Mercado da Seis, Mercado das Quintas, Mercado do Peixe, Mercado de Petrópolis e as feiras do Alecrim, Quintas, São José e Rocas, além do Centro Histórico, onde está localizado o tradicional Beco da Lama.

ARREDORES

Segundo o apresentador, a segunda temporada do Papo de Fogão Raiz também vai estrear em 2022. “Nesta próxima etapa vamos estender um pouco mais a nossa pesquisa e mostrar, além dos mercados, botecos dos becos e feiras, apresentados na primeira temporada, vamos explorar outras regiões da cidade, mostrando mais uma vez a gastronomia raiz preparada com muito amor, carinho e sabor”.

Para a produtora Daniele Brito, o programa e o livro não trazem só o registro das comidas das principais feiras e mercados de Natal, mas um pouco da história dessas pessoas que fazem a gastronomia raiz no ambiente no qual estão consolidadas, identificando os locais e seu potencial cultural e turístico “São receitas hoje em dia mais difíceis de encontrar. Então nesse ponto é um  ensaio que vai refletir, em cima de pesquisa bibliográfica, a situação atual da culinária de raiz e abrir caminho para que mais pessoas busquem conhecê-la”, explicou.

“Papo de Fogão Raiz – Feiras, Mercados e Ruas” é patrocinado pela Prefeitura de Natal através do Programa Djalma Maranhão, Unimed Natal e DNA Center.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.