PENSE! OMS Anuncia Erradicação Da Poliomielite Na África

Foto: AFP

A poliomielite, também conhecida como paralisia infantil, foi considerada erradicada na África quatro anos depois do registro dos últimos casos no continente, ocorridos no nordeste da Nigéria, uma região devastada pelo conflito contra os jihadistas do grupo Boko Haram. A Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou oficialmente no dia 25 de agosto, em Genebra que o continente africano está “isento de poliovírus selvagem”, que provoca a doença.

“Graças aos esforços mobilizados por governos, profissionais de saúde e comunidades, mais de 1,8 milhão de crianças foram salvas desta doença”, afirmou a OMS em um comunicado publicado antes da cerimônia. O evento é considerado histórico. O fim dos casos de “pólio” na África é uma etapa crucial na erradicação mundial da enfermidade.

O anúncio oficial, por videoconferência, reúne o diretor-geral da OMS, o etíope Tedros Adhanom Ghebreyesus, a diretora da organização para a África, Matshidiso Moeti, assim como os bilionários filantropos Aliko Dangote e Bill Gates, entre outros.

“É uma vitória formidável, um alívio”, declarou à AFP o doutor Tunjui Funshuo, do comitê Pólio Nigéria da associação Rotary International. “Há mais de 30 anos começamos este desafio. Dizer que estou feliz é um eufemismo!”, disse o médico nigeriano, que dedica a vida a esta causa.

Doença infecciosa aguda

Provocada pelo “poliovírus selvagem” (PVS), a poliomielite é uma doença infecciosa aguda e contagiosa que afeta principalmente as crianças. Ela ataca a medula espinhal e é capaz de provocar uma paralisia irreversível.

A doença era endêmica em todo o planeta até o desenvolvimento de uma vacina nos anos 1950. Os países mais ricos tiveram acesso ao medicamento rapidamente, mas Ásia e África continuaram durante muitos anos como focos infecciosos. No Brasil, o último caso foi registrado em 1989.

 

Com informações da AFP

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

5 × 3 =