PENSE! Vereadores se mobilizam para tentar reduzir preço do GNV em Natal

Vereador que promoveu em 2019 uma Audiência Pública para discutir o preço do Gás Natural Veicular (GNV) na região metropolitana de Natal, Dickson Júnior (PDT) voltou a trazer o tema para a Câmara Municipal de Natal nessa quinta-feira (30). O edil cobrou do poder público (Procons) fiscalização para os aumentos considerados abusivos pelos consumidores e solicitou mobilização dos pares para cobrar respostas do Governo do Estado, que formou um grupo de trabalho e até desencadeou reduções de valores na época a partir de medidas da Potigás e Secretaria de Tributação, entre outros atores. A ideia é que todos os parlamentares se engajem na causa de modo a reduzir o valor do combustível.

“Vim a Plenário trazer uma preocupação que nosso mandato já trouxe através de Audiência, com relação ao preço do GNV. Debate esse que teve como um dos encaminhamentos uma reunião com a governadora Fátima Bezerra, por intermédio do presidente da Câmara, Paulinho Freire, e naquela época houve compromisso que o preço ia reduzir e de fato baixou. Mas, agora, estou aqui com dados que motoristas de aplicativos me trouxeram que apontam que em dezembro de 2019 o preço do GNV da Potigás para os postos era de R$ 2,8938. Hoje, está R$ 2,5066 –  houve uma redução de 39 centavos. Mas não está sendo repassada para a bomba, ou seja, para os consumidores. O preço que era entre R$ 3,21 a R$ 3,29 recentemente, agora já está em R$ 3,49 a R$ 3,59. E ainda estão estimando que vai ter um novo aumento com a chegada da nova remessa de combustíveis com ajustes”, disse Dickson Júnior.

Para o parlamentar pedetista, mesmo com as limitações e falta de autonomia com relação ao tema, a mobilização da casa legislativa pode contribuir com essa luta dos consumidores natalenses, especialmente motoristas de aplicativos e de taxis, que em sua maioria utilizam o GNV para exercer suas atividades. “Temos nosso trabalho e nossa voz. Então, trago essa preocupação para o plenário e na próxima semana vou trazer uma comissão que luta pelo GNV mais barato, o Movimento GNV Preço Justo RN, para passar em todos os gabinetes para que cada vereador possa trazer essa preocupação para seu mandato”, reforçou o edil. A expectativa é que haja mobilização da categoria na próxima terça-feira (04), quando acontece novamente Sessão Ordinária.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.