Som Sem Plugs divulga resultado da 1ª etapa do edital “Música Transforma 2020” e inicia votação popular on-line para etapa final

Desde o início de todo esse cenário delicado gerado pela pandemia da Covid-19, o projeto Som Sem Plugs-SSP se dedicou e “mergulhou” na busca de alternativas que pudessem auxiliar os artistas potiguares em um momento tão difícil como o atual. Por isso, lançou em abril o edital “Música Transforma 2020” com a oferta de cachê, consultoria técnica, live via redes sociais do projeto e prêmios exclusivos, aos cinco selecionados para o edital.

No período de 15 de abril a 03 de maio, o Som Sem Plugs recebeu mais de 100 inscrições vindas de todo o estado do Rio Grande do Norte. Os candidatos passaram pela curadoria técnica do SSP formada por: Bruno Garcez – editor digital para a Asia do Serviço Mundial da BBC; Carol Reis – jornalista, assessora de comunicação e repórter de TV; Khystal – interprete, compositora e atriz brasileira, com vinte anos de carreira; Jota Marciano – locutor, disc jockey, produtor, músico e engenheiro de som há mais de 30 anos e Luciano Prates – produtor cultural, diretor de marketing do projeto Som sem Plugs e curador artístico do Fest Bossa & Jazz.

Após a curadoria, foram selecionados 30 artistas/bandas que agora seguem para a votação popular on-line através do WebAPP Som sem Plugs, lançado nesta quinta-feira (07) e disponível em https://edital.somsemplugs.com.br/ até 21 de maio. Portanto, agora é com você, vote!

Veja a lista dos artistas/bandas que estão concorrendo: Pablo Jones, Rafa Barros, Ivando Monte, Maria Fxntes, Marcus Vinícius, Skarimbó, Lupe, Laryssa Costa & Daniel Ribeiro, Breno Slick, Família Além do Normal, Diniz K9, Felipe Nunes, João Salinas, Caio Padilha, BEX, Forró do Severo, Uma Senhora Limonada, maGodaSilva, Lee Araújo, Luisa & Os Alquimistas, Gabriela Mendes, Melly, Regional Choro da Terra, Pedras, Gabriel Garcia, Choro do Caçuá, John Fidja Gomes, Júlio Lima, Yrahn Barreto e André Rangell.

resultado final será divulgado no dia 22 de maio em todas as plataformas digitais do Som Sem Plugs. A temporada 2020 do SSP é apresentada por Oi, Cosern e Instituto Neoenergia, tem o patrocínio do Governo do Rio Grande do Norte através da Fundação José Augusto via Lei Câmara Cascudo e apoio cultural do Oi Futuro. Conta ainda com o apoio da Camaleão Studio, G7 Comunicação, Original Marketing & Eventos, Dom Justino Filmes, Studium Jota Marciano, INTER TV, Fecomércio, Casa Nacre, SEBRAE-RN, Sesc, Arte Musical, Flor de Hibisco e realização da Betapro Foto e Vídeo.

Sobre o cachê

Um detalhe que vale ressaltar. O edital do SSP, com o objetivo de contribuir financeiramente com um número maior de artistas/músicos participantes, dará remuneração com cachê a um total de 10 artistas da seguinte forma: R$ 750 para os cinco artistas mais votados e selecionados para a temporada e para as lives (03 Artistas/Músicos Autorais mais votados; 01 Artista/Músico Autoral – Música Instrumental mais votado e 01 Artista/Músico Autoral com composição original sobre o tema “Música Transforma” mais votado) e,  R$ 500 para outros cinco, sendo o 4º, 5º e 6º Artistas/Músicos Autorais mais votados; 2º Artista/Músico Autoral – Música Instrumental mais votado e o 2º Artista/Músico Autoral com composição original sobre o tema “Música Transforma” mais votado.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.