Um “visto” online para a música

Nasceu em Marrocos com o objetivo de ser uma montra internacional para músicos de África e do Médio Oriente. O festival Visa For Music vai na sexta edição, mas teve de se reiventar. Este ano decorre exclusivamente online e os artistas locais tiveram a tarefa de escolher quem vai estar representado.

“Convidámos os artistas a fazerem parte do júri. Infelizmente, não pudemos convidar artistas estrangeiros, porque muitas das fronteiras estão fechadas. Concentrámo-nos em artistas marroquinos e artistas residentes em Marrocos,” explica Brahim el Mezned, diretor e fundador do Festival.

A Cultura é uma das áreas mais afetadas pela Covid-19. O diretor do festival Visa For Music considera que as contas do impacto da doença ainda não estão fechadas e que há muitos projetos musicais que vão morrer. “Eles fazem muitos festivais na Europa e agora receio que muitos vão ‘desaparecer’, do radar de digressões internacionais. Estou certo que esta crise vai deixar muitas vítimas e muitos projectos artísticos vão desaparecer,” afirma Mezned que espera que em 2021 o Festival volte ao formato original “porque os artistas e as suas famílias dependem muito destas tournées internacionais.”

Conheça mais sobre o Visa for Music: https://pt.euronews.com/2020/11/18/um-visto-online-para-a-musica

O festival Visa for Music – um visto para a música – decorre até 21 de novembro com transmissões através do Facebook e Instagram.

Fonte: Euronews

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

onze − sete =