Cardiologista ensina como escolher o melhor tipo de chocolate para consumir na Páscoa

Chocolate 100% cacau é menos acessível, porém é o mais saudável, pois quanto mais cacau, maior o benefício da ingestão do chocolate.

Pixabay

Chocolate branco, meio amargo, ao leite, diet, existem uma infinidade de tipos de chocolate no mercado, mas é fundamental saber escolher o melhor para o consumo, ainda mais se a pessoa já sofre com algum problema de saúde, que pode ser agravado com a ingestão de grande quantidade de açúcar. Para facilitar a escolha, sobretudo nesse período de Páscoa, o cardiologista e especialista em marca-passo Dr. Roberto Yano, explica as características de alguns dos doces e orienta sobre o tipo ideal para cada pessoa.

Segundo Yano, quanto mais cacau tiver na mistura do chocolate, mais puro ele será e conterá menos gordura e açúcar. “O cacau tem substâncias que são precursoras do triptofano e da serotonina, neurotransmissores que regulam o nosso humor, sono e apetite. Ele é rico em ferro, em substâncias antioxidantes, e por isso entra na lista dos anti-inflamatórios naturais”, explicou o Dr. Roberto.

No entanto, isso não quer dizer que a ingestão do chocolate só traz vantagens. O médico destaca que é preciso observar a quantidade a ser consumida, pois se for em excesso não trará benefícios.

“O chocolate ao leite, por exemplo, tem em torno de 25% de cacau, o restante é açúcar e gordura. O açúcar é um alimento pró-inflamatório, ou seja, além de causar inflamações, pode ocasionar picos de insulina, aumentar os triglicerídeos e o colesterol ruim. O ideal é consumir o chocolate ao leite poucas vezes, ou escolher outro tipo com uma porcentagem maior de cacau, como chocolate meio amargo ou o amargo”, esclareceu Yano.

Quando o chocolate é diet significa que ele não possui determinado ingrediente, como açúcar ou gordura. Alguns podem ter adoçante, por isso é importante sempre ler o rótulo. “As pessoas que são diabéticas, devem consumir apenas o chocolate diet, 70% cacau ou zero açúcar, ao invés do chocolate ao leite ou chocolate branco, pois estes últimos possuem muito açúcar. Mas é importante ressaltar, que nem sempre o chocolate diet tem menos calorias”, alertou.

O chocolate 40% cacau é facilmente encontrado no comércio. No Brasil é chamado de meio amargo, chocolates que têm entre 40 e 65% de cacau. “Esse tipo de chocolate pode ter menos açúcar, mesmo assim possuir na mistura gordura hidrogenada que não faz bem para o organismo”, afirmou Yano.

Existe ainda o chocolate 100% cacau, ele é menos acessível, porém é o mais saudável, pois quanto mais cacau, maior o benefício da ingestão do chocolate.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.