Celso Cruz


POESIA – CARTA AO BROCOIÓ

Por Celso Cruz Adoro uma boa live Minha mulher num gosta não Eu sou a animação Eu que faço a minha festa Forró, samba, seresta Minha alegria rouba a cena Não tenho a alma pequena Do bolo eu sou a cereja Se tiver música e cerveja Nem ligo pra quarentena A mulher diz que eu […]

USE A FORÇA DO SORRISO

Por Celso Cruz Um precedente silêncio Com tristeza anuncia Que lágrimas em rebeldia Teimam em se deixar rolar Já se ausentou o cantar O sorrir emudeceu Foi a razão que perdeu Caiu frente à emoção Um sofrer pro coração Pois alegria morreu Com o padecer da alegria A vida perdeu a cor Desencontrada do amor […]

A IMPORTÂNCIA DE UM MONOSSÍLABO NA LÍNGUA PORTUGUESA

Por Celso Cruz Para a língua portuguesa Ele é de muita importância E é grande a relevância Do monossílabo enrugado Chamam de “CU cagado” Gente sem expressão Se diz estar com o “CU na mão” Se está morrendo de medo E se alguém estirar o dedo Tá querendo confusão Um “olhe aqui pro seu CU!” […]