Celso Cruz


“Ê SAUDADE…”

Por Celso Cruz Sentimo-nos aliviados e confortados Se as lágrimas massageiam a dor que a alma grita O coração descuida-se e não limita Tardiamente é que vai se aperceber Que é a alma padecendo do sofrer Imposto pela visita da saudade Fruto da irresponsabilidade De um coração que abusa do gostar Que se entrega facilmente […]

QUEM SOU EU?

  Por Celso Cruz OLHO PRA CIMA, PRA BAIXO PRA ENXERGAR QUEM EU SOU OLHO PRA FRENTE , PRA TRÁS PRA SABER PRA ONDE VOU DANDO SEDE DE VAIDADE BEBO NA FONTE DA HUMILDADE SÓ QUERO SER O QUE EU SOU EM NADA O MUNDO ME AFETA MEU ORGULHO É SER POETA PANDERISTA E CANTADOR.

POESIA – CARTA AO BROCOIÓ

Por Celso Cruz Adoro uma boa live Minha mulher num gosta não Eu sou a animação Eu que faço a minha festa Forró, samba, seresta Minha alegria rouba a cena Não tenho a alma pequena Do bolo eu sou a cereja Se tiver música e cerveja Nem ligo pra quarentena A mulher diz que eu […]