Celso Cruz


PENSE! O leitor e a poesia

  Por Celso Cruz A poesia ganha força Se o leitor se inquieta Se tem a alma poeta E com os olhos da alma enxerga O seu coração alberga A esperança, o seu sonhar Sempre o seu imaginar Recria situações E um bailar de emoções Embasam o seu sonhar Interage com a poesia Quem tem […]

Pense numa poesia! “Em visita ao passado”

Por Celso Cruz Eu vi, eu juro que vi Num lugarejo lá nas brenhas do sertão Era um pai, uma mãe e tanto irmão Que a mãe só contava na dormida Embora pouca e simples tinha comida O luxo era, dormir de barriga cheia Tinha café, tinha almoço, tinha ceia Nos domingos tinha missa na […]

Um acordar na Rajada

Mais um feliz acordar Aqui na Serra da Rajada Só o silêncio faz zoada Mexendo no inconsciente O passado se faz presente Mostrando sua importância No café sinto a fragrância Das lembranças do passado O meu eu fica inundado De lembranças da infância O sol surge sorrateiro Pássaros cantam em sinfonia O gado muge em […]