Francisco de Sales Felipe


A TARDE E A PRAIA

  Por Francisco de Sales Felipe A tarde anda nua. Apenas um azul a ilumina. Na sua carne há gosto de sal. Talvez as espumas marinhas Queiram vestir sua faceirice. Ainda ontem eu a vi sentada na areia. Não dizia nada porque a beleza Será sempre silenciosa. Um quase nada de sorriso na face Me […]

MEU ADEUS A JÁCIO MAMEDE GALVÃO

  A vida é travessia entre as estações incertas nesse universo infinito. Nascemos e renascemos em cada passagem nas planícies da existência humana. Jácio Mamede me ensinou a ser sertão. Ouvimos pelos caminhos da Toscana o bater da sola dos nossos passos peregrinos. Subimos montanhas. Visitamos templos. E sempre estava na pessoa dele a virtude […]

Verão

Quando pisas dois girassóis acordam meus desejos. Quando corres, escorrem nos meus sonhos os passos Do calor do sol que te queima. E em mim ainda arde o beijo. Essa enlouquecida profusão de bocas enluaradas Nessa fogueira onde se abrasam as ilusões de ontem Com esses lábios, agora nesse mel de súplicas. Não. Não quero, […]