EXPEDIÇÃO PIPA: UMA AVENTURA FOTOGRÁFICA NO PARAÍSO

Considerada uma das praias mais bonitas do Brasil, a atmosfera charmosa da Pipa só é comparada a Búzios, no Rio de Janeiro; Bombinhas, em Santa Catarina; Arraial d’Ajuda, na Bahia; e Jericoacoara, no Ceará.

Toda a costa da Pipa é cercada por imponentes falésias que abrigam a Mata Atlântica. Suas praias de areias alvas é um convite a passeios despretensiosos e o mar azul de águas mornas é sempre frequentado por golfinhos e tartarugas, que encantam os fotógrafos.

Com um mar verde-esmeralda, a praia Ponta do Madeiro é habitada por golfinhos que procuram o local para se alimentar. O acesso à praia é feito por uma escada encravada na falésia. Ponta do Madeiro é parada obrigatória para quem chega à Pipa e de onde se tem um dos visuais mais deslumbrantes da região.

O Santuário Ecológico da Pipa é uma grande área nas falésias da Mata Atlântica, preservada e aberta à visitação. Trilhas encantadas levam aos mirantes da Praia do Madeiro e a Baía dos Golfinhos, onde se tem a visão das falésias que formam as praias da Pipa.

O Santuário Ecológico é um templo para incentivar a apreciação, compreensão e proteção da fauna e flora do litoral nordestino. Atualmente, há 3 setores e 16 trilhas abertas ao público, cada uma com diferentes objetivos e atrações.

O dia foi finalizado com um pôr do sol deslumbrante na Lagoa de Guaraíras, aonde se tem possibilidades de ver o astro rei descer lentamente por trás dos coqueirais e com muita criatividade colocar elementos entre a câmera fotográfica e o sol, como molduras, silhuetas, barcos e pescadores!

FOTOS: DIVULGAÇÃO

Compartilhe:

Comentário (1)

  • Conceição Barreto Responder

    Muito bom o documentário! Eu não conhecia o histórico de Pipa. As fotos ficaram ótimas.
    Essa turma é show!! Saudades.💓

    13 de setembro de 2021 at 20:31

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.