Anna Letícia Xavier de Lima: “Bruxismo na infância”

Por Anna Letícia Xavier de Lima*

O que é bruxismo? Bruxismo é o ato de ranger ou apertar os dentes. É um problema funcional que pode acontecer durante o dia (vigília) ou durante a noite (noturno). O bruxismo pode ocorrer de forma consciente, quando se morde lápis ou dedos, ou de forma inconsciente. O ato de ranger ocorre frequentemente durante o sono, períodos de preocupação, estresse e excitação, acompanhado por um ruído notável. Já o apertamento, em geral sem ruídos, é mais comum durante o dia.

É comum a presença de bruxismo em crianças, na dentição decídua (dentes de leite). Determinar se elas têm bruxismo pode ser complicado, porque a criança frequentemente não se dá conta de que está rangendo os dentes. Por isso, é importante que os pais ou responsável observe a criança à noite para descobrir se ela está fazendo ruídos de rangido enquanto dorme ou pergunte a um dos irmãos que divide o quarto com ela.

Se a criança reclamar de mandíbula dolorida ou dor ao mastigar, esses podem ser sinais de bruxismo infantil. No consultório, em avaliação odontológica, é comum observar desgaste excessivo nas bordas e base dos dentes, sendo um indicativo de que a criança apresenta o hábito.

Durante a infância, o bruxismo é mais severo nas crianças em idade pré-escolar devido às características estruturais e funcionais dos dentes de leite, embora também apareça em crianças maiores e na dentição permanente.

O bruxismo infantil pode ser causado por ansiedade e estresse, decorrentes de diferentes situações às quais a criança é exposta, como uma rotina agitada ou uma mudança de rotina, a chegada de um irmão, a separação dos pais ou uma mudança de escola.

Além dos motivos emocionais, o bruxismo também pode estar relacionado a diferentes problemas físicos, como má oclusão ou mordida desalinhada, que pode ser provocada pelo uso excessivo de mamadeira e chupeta, problemas respiratórios, como asma ou rinite, deficiências nutricionais ou até mesmo fatores hereditários.

No consultório odontológico da Casa Durval Paiva, é feita uma anamnese completa da criança com a participação dos pais para obter-se informações sobre a história médica geral, hábitos, queixas de dores, relacionamento familiar e social, além da avaliação do perfil psicológico dessa criança.

Existem algumas maneiras de tentar minimizar ou prevenir o bruxismo, uma delas é incentivar a mastigação desde cedo. Tentar estabelecer uma rotina de atividades que não seja pesada, com um ambiente tranquilo na hora de dormir para diminuir a tensão e evitar o ato de ranger ou apertar os dentes.

O bruxismo infantil resultante de estresse pode ser prevenido com o cuidado especial dos pais no manejo do fator estressante. Além disso, existem casos em que pode ser necessária a confecção de uma placa de mordida miorrelaxante sob medida para ser usada durante a noite como prevenção para o ranger dos dentes e para as dores nas articulações temporomandibulares.

A maioria das crianças, à medida que cresce, acaba perdendo essa tendência de ranger os dentes, porém, no primeiro sinal de bruxismo, é recomendado agendar uma consulta ao dentista. Ele será o profissional apto a diagnosticar o problema, permitindo que o trate da melhor maneira possível.

*Dentista – Casa Durval Paiva

CRO/RN 5213

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *