Com protocolos, prevenção e apoio do SESI, empresas conseguem manter atividades na pandemia

Logo no começo da pandemia, o Serviço Social da Indústria (SESI) já estava com protocolos de saúde para ajudar empresas a prevenirem a Covid-19 no ambiente de trabalho. Em todo o país até agora, foram mais de 9,7 mil empresas, que beneficiaram quase 260 mil trabalhadores, que usaram protocolos ou contrataram consultoria de especialistas do SESI para manutenção das atividades de forma segura durante pandemia.

Entre os serviços mais demandados pela indústria estão testes, teleatendimento e consultas presenciais para casos confirmados ou suspeitos de Covid-19 e assistência para adequação de ambientes de trabalho para enfrentamento à pandemia.

“A indústria brasileira tem investido forte na saúde de seus trabalhadores e está enfrentando esse momento com coragem, colaborando com o país e mantendo as pessoas trabalhando de forma segura”, destaca a gerente-executiva de Saúde e Segurança na Indústria do SESI, Katyana Aragão.

Inteligência de dados para ajudar no planejamento das empresas

Outra frente de apoio é o Boletim SESI Covid, relatório semanal gratuito sobre a situação da pandemia no Brasil. Os boletins ficam hospedados na plataforma SESI Viva+ e são feitos com base no Farol Covid, banco de dados online atualizado diariamente e que apresenta informações desde o número de infectados e de mortes, taxa de contágio até taxa de ocupação de UTI e número de leitos nos hospitais nos 5.570 municípios brasileiros.

No mês de abril, com a parceria entre SESI e Farol Covid, empresas e gestores públicos passaram a contar também com o vacinômetro.

Além de apontar tendência para a situação da pandemia no país, o relatório mostra estados e capitais onde o contágio está mais acelerado, onde o número de mortes por Covid-19 é maior proporcionalmente à população e também onde a transmissão do coronavírus está mais controlada.

O SESI também está com a campanha nacional de vacinação contra a gripe nas indústrias. A previsão é que 800 mil trabalhadores sejam vacinados. A iniciativa é realizada anualmente e, neste momento de pandemia, pode ajudar na identificação de novos casos suspeitos da covid-19.

SESI apoia gestores e trabalhadores com informação, monitoramento e orientações

Na Bahia, a instituição lançou o Programa SESI e Indústria Juntos Contra a Covid-19 para apoiar as empresas industriais a adotarem práticas para um ambiente de trabalho mais seguro. O programa atendeu 1,2 mil empresas, beneficiando 90 mil trabalhadores até então.

Uma das ações do Programa são as Blitze contra a Covid-19, realizadas em parceria com os sindicatos da indústria. Desde o início do programa, foram realizadas mais de 2 mil visitas a empresas industriais de todo o estado, levando orientações sobre a prevenção da doença para cerca de 70 mil trabalhadores.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.