ESTUDOS INÉDITOS SOBRE APNEIA FORAM APRESENTADOS NO 18º CONGRESSO BRASILEIRO DO SONO

A ResMed, empresa líder mundial de soluções para tratamento da apneia do sono conectado, marcou presença no evento de abrangência nacional, entre 13 e 15 de dezembro

FOTO: RESMED/DIVULGAÇÃO

“Telemonitoramento baseado em nuvem como estratégia para melhorar a aderência ao CPAP – dados preliminares” e “Linha de atenção ao paciente com apneia do sono na Atenção Básica à Saúde do município de Araguari (MG)” foram os temas que a ResMed levou ao 18º Congresso Brasileiro do Sono.

“Telemonitoramento baseado em nuvem como estratégia para melhorar a aderência ao CPAP – dados preliminares” – O estudo tem por objetivo avaliar a viabilidade do diagnóstico e tratamento domiciliar da apneia obstrutiva do sono, assim como acompanhar a adesão ao tratamento com CPAP por meio do telemonitoramento. Até o momento foram envolvidos 61 pacientes, dos quais 57 completaram 1 mês de tratamento com uma adesão significativa de 82%. Isso demonstra que o diagnóstico e tratamento domiciliar da apneia obstrutiva do sono é viável e a monitorização diária garante uma melhor adesão ao tratamento.1

“Linha de atenção ao paciente com apneia do sono na Atenção Básica à Saúde do município de Araguari (MG)”, estudo inédito, conduzido em Minas Gerais, conclui que a jornada do paciente com apneia do sono, realizada pela Atenção Básica à Saúde (a “porta de entrada” dos usuários nos sistemas de saúde), provou ser efetiva e viável, e possibilitou maior acesso através do diagnóstico simplificado pelos usuários do SUS (Sistema Único de Saúde), além do acesso ao tratamento, adaptação e monitoramento remoto, implantando assim uma linha de atenção facilitada ao paciente com apneia.2

Na ocasião, também serão realizadas diversas palestras, conduzidas por renomados especialistas da medicina. No dia 13 de dezembro, das 11h30 até 12h20, por exemplo, acontecerá a seção “Diagnóstico e tratamento da apneia do sono no Brasil: realidades e desafios”. Os temas e os palestrantes estão listados abaixo:

  • “Judicialização do sono no Brasil”, apresentada por Alan Eckeli, professor de neurologia e medicina do sono da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (USP).
  • “Jornada do paciente na estrutura do Sistema Único de Saúde”, apresentada por Luciano Drager, cardiologia com certificação em Medicina do Sono pela AMB (Associação Médica Brasileira).
  • “Scoping review econômico sobre tratamento de AOS”, apresentada por Daniela Pachito, Neurologista e Neurofisiologista Clínica com área de atuação em Medicina do Sono, Doutora em Saúde Baseada em Evidências pela UNIFESP e integrante da diretoria da Associação Brasileira de Medicina do Sono (2020-2021).

Para Claudia Albertini, Gerente Clínica de Marketing da ResMed LATAM e South Asia, “o Congresso Brasileiro do Sono possibilitará o reencontro de especialistas à nível nacional para discutir temas inovadores nos distúrbios relacionados ao sono e suas implicações na saúde da população brasileira. Vale lembrar que as estatísticas da prevalência da apneia do sono no Brasil, demonstram que o percentual de acometidos pela condição, pode chegar a 49,7% da população”.O simpósio organizado pela ResMed tem o objetivo de apresentar e discutir o mapa situacional do diagnóstico e tratamento da apneia do sono no Brasil e alternativas para transformar nossa realidade.

Simposio Satéliite – ResMed

Data: 13/12/21

Horário: 12:25 – 14:05

https://sono2021.com.br/evento/sono2021/programacao/gradeatividades/14

Tema: Mitos e realidade da jornada do paciente com SAOS no Brasil – como podemos transformar a experiência do paciente?

Programa:

  • Abertura: Gerardo Ferrero – Country Business Head – Brazil
  • Coordenação: Claudia Albertini – Head Clinical Marketing LATAM and South Asia
  • A foto do sono no Brasil – Projeto Hermes: Dr. Alan Eckeli – Professor de Neurologia e Medicina do Sono na Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto – USP.
  • Linha de cuidado do paciente com apneia do sono na atenção primaria à saúde no município de Araguari (MG): Laerte Borges – Key Account Manager – Public Market Brazil
  • Cloud-based telemonitoring as a strategy to improve CPAP adherence – preliminary data: Dr. Rodrigo Pedrosa – Cardiologista, Especialista em Medicina do Sono
  • Código TUSS – assegurando a gestão do paciente: Douglas Silva – Associate Market Access Manager – Latin America
  • Aplicação prática do código TUSS – Projeto Piloto com Operadora de Saúde: Dra. Luciane Impelliziere Luna De Mello – Pneumologista – Especialista em Medicina do Sono

Mais informações em: https://sono2021.com.br/evento/sono2021/programacao/gradeatividades/14

Sobre a apneia obstrutiva do sono (AOS)

A apneia do sono é um distúrbio que provoca o relaxamento dos músculos da garganta, o que restringe o fluxo de ar e faz com que a respiração se torne superficial e até pare por segundos ou minutos, privando o corpo e o cérebro de oxigênio. Mesmo que os despertares sejam geralmente muito curtos, são capazes de interromper o ciclo do sono e afetar sua qualidade.4

Alguns sinais que podem indicar a presença do distúrbio são: ronco, cansaço diurno constante, dificuldade de concentração, dores de cabeça matinais, humor depressivo, falta de energia, esquecimento ou hábito constante de acordar para ir ao banheiro.5

Uma vez que a apneia é diagnosticada, a principal indicação de tratamento é o uso regular do CPAP (pressão positiva contínua nas vias aéreas).6 No Brasil, o tratamento para apneia pode ser realizado com equipamentos ResMed, líder mundial de soluções para o tratamento da condição. Pacientes podem acompanhar sua própria terapia com CPAP por um aplicativo gratuito e fácil de usar, chamado myAir™. O app fornece uma pontuação diária sobre como a pessoa dormiu e inclui vídeos e informações personalizadas de treinamento, com base nos dados de terapia, o que aumenta a adesão ao tratamento.7

Sobre a ResMed

A ResMed é a marca pioneira em soluções inovadoras que proporcionam qualidade de vida. A empresa apresenta tecnologias de saúde digital e dispositivos médicos conectados à nuvem que transformam a assistência das pessoas com apneia do sono, DPOC e outras doenças crônicas. Possui abrangentes plataformas de software fora do hospital, oferecendo suporte a profissionais e cuidadores que ajudam pacientes em suas casas ou instituição de saúde de preferência. Ao possibilitar uma melhor assistência, aprimoram a qualidade de vida, reduzindo o impacto da doença crônica e dos custos para clientes e serviços de saúde. Saiba mais em: https://www.resmed.com.br/

Sobre o Congresso Brasileiro do Sono

O Congresso Brasilero do Sono destina-se à profissionais da área da saúde, sendo médicos, dentistas, fonoaudiólogos, psicólogos, fisioterapeutas, técnicos em polissonografia, e demais especialidades com atuação na área do sono e já está em sua décima oitava edição. Saiba mais em: https://sono2021.com.br/sono2021

Referências:

  1. Tarcya L.G. Couto Patriota; Rodrigo P. Pedrosa, 2021.
  2. Machado Xavier P et al. 2021
  3. Benjafield et al. Lancet Resp. Med. 2019; 6.
  4. Disponível em: https://www.resmed.com.br/apneia/home
  5. Kimoff RJ. Sleep. 1996; 19(Suppl 9): S61-6.
  6. AASM Clinical Practice Guidelines. Treatment of OSA with PAP. J Clin. Sleep Med. 2019; 15(2):335-43.
  7. Malhotra A, et al. Chest, 2018. Disponível em: https://journal.chestnet.org/article/S0012-3692(17)33073-8/fulltext
Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.