INSS: VEJA COMO FICOU O REAJUSTE DOS BENEFICIÁRIOS PARA 2022

Segurados do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) que recebem acima de 1 salário mínimo terão reajuste no valor dos benefícios em 2022. O novo índice foi confirmado na manhã desta terça-feira (11).

Isso porque o reajuste do INSS é calculado conforme o INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), que foi divulgado hoje pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Dessa forma, a taxa para o cálculo do reajuste dos aposentados e pensionistas do INSS será de 10,16% em 2022. Com o reajuste, o teto da Previdência Social deverá subir de R$ 6.433,57 para R$ 7.087,22 em 2022. Esse também deverá ser o valor de referência máximo para calcular as contribuições ao INSS.

Entretanto, é necessário publicação de portaria no Diário oficial para oficializar o reajuste. Em nota, o Ministério do Trabalho informou que “ainda não há data certa para a publicação da portaria”.

Quando será pago o 13º do INSS

vale ressaltar que o pagamento dos anos de 2020 e 2021 foi antecipado por conta da pandemia da covid. Porém, para este ano, os pagamentos voltam a estar sob o efeito do Decreto 10.410, que estabelece o calendário de pagamentos para o 13º do INSS.

Então, para 2022, o 13º salário do INSS será pago nas seguintes datas:

Primeira parcela, paga junto à folha de pagamentos do mês de agosto;

Segunda parcela, paga junto à folha de pagamentos do mês de novembro.

É importante destacar que ainda é possível que haja alguma decisão no Congresso ou até mesmo do presidente Jair Bolsonaro para alterar essas datas, principalmente conforme o avanço da nova onda de covid no país.

Confira abaixo o calendário de pagamento do 13º do INSS para 2022:

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.