Nisia Floresta, Presente! é o terceiro Episódio de ‘O que dizem essas mulheres?’

Este projeto é realizado pelo portal Nossa Ciência , com recursos da Lei Aldir Blanc Rio Grande do Norte, Fundação José Augusto, Governo do Estado do Rio Grande do Norte, Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo e Governo Federal. Ouça agora
https://open.spotify.com/episode/6SZNNrD78f48fKNzvAMkdC?si=vlEEsZbzTWOi4cSRbx4z8A&utm_source=whatsapp

Descrição do episódio

Para compreender melhor a vida e a obra da potiguar Nísia Floresta, que é considerada como a precursora de feminismo no Brasil, foram entrevistadas: a professora da Universidade Federal de Minas Gerais, Constância Lima Duarte, a pesquisadora Maria Lúcia Garcia Pallares-Burke e a professora Rejane Souza. O protagonismo de Nísia Floresta seja na vida ou na literatura é abordado sob ângulos variados pelas três entrevistadas. Este projeto foi realizado pelo portal Nossa Ciência (www.nossaciencia.com.br) com recursos da Lei Aldir Blanc Rio Grande do Norte, Fundação .José Augusto, Governo do Estado do Rio Grande do Norte, Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo e Governo Federal. Técnica do episódio: direção e roteiro de Mônica Costa; concepção, apresentação, produção, reportagem, pesquisa e captação de som de Luana França e Mônica Costa; e edição e mixagem de Eryckson Santana.

Compartilhe:

Comentários (4)

  • Constância Lima Duarte Responder

    O episódio está perfeito, pois trata muito bem de Nísia Floresta. Mas a foto que esta ilustrando a chamada NÃO É DELA, E SIM DR IZABEL GONDIM. outra escritora do RN.

    7 de março de 2021 at 22:12
  • Paula Barbosa Responder

    Já tive acesso a esse material. Perfeito!
    No entanto, por favor, esta mulher que ilustra a sua postagem não diz respeito a Nísia Floresta e sim Izabel Gondim, que por ironia, foi quem difamou todo legado da nossa querida Nísia. Peço, por gentileza, corrija este erro. Procure em fontes mais seguras fotos de Nísia Floresta.

    7 de março de 2021 at 17:08
    • Redação Responder

      Devidamente corrigido.

      7 de março de 2021 at 17:35
    • Redação Responder

      A imagem foi da Wikipédia. É – ou era – uma fonte confiável.

      7 de março de 2021 at 17:42

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.