NO RN, PACIENTE FAZ VAQUINHA PARA CONSEGUIR REALIZAR CIRURGIA, VEJA COMO AJUDAR

REPRODUÇÃO

Conhecido como uma pessoa que sempre gostou e ajudar o próximo, o empresário e agora desempregado André Oliver fechou sua ótica, vendeu seu carro e só lhe resta apenas sua casa na cidade de Extremoz, onde reside há anos.

A venda da loja e do carro foi para pagar dívidas trabalhistas e fornecedoras para não ficar com dividas, pois, a pandemia quebrou ótica. E para piorar a situação nesse período teve uma enfermidade que até o momento não conseguiu solucionar o caso. Conforme vídeos e reportagens de TVs, André Oliver viver a meses numa peregrinação por órgãos públicos e hospitais e não resolve nada.

Com uma hérnia com 23 centímetros que é uma bomba relógio podendo a qualquer momento estrangular e em segundos vim a óbito, sua situação é gravíssima porque corre risco de vida.

André Oliver informou que a Prefeitura de Extremoz realizou todos os procedimentos e conseguiu o encaminhamento para a fila de regulamentação da Sesap. Inclusive, agradeceu ao pessoal da saúde de Extremoz pela rapidez e atenção que deram ao caso.

Com a regulamentação pronta foi encaminhado para realizar sua cirurgia no Hospital Santa Catarina e após realizar todos os procedimentos pré-operatórios, ouviu do médico responsável que não iria realizar sua cirurgia pelo sucateamento dos aparelhos e que não colocaria sua vida em risco. Com a recursa por questões de segurança clínica do Hospital Santa Catarina, André Oliver voltou a Sesap para encontrar outro hospital para fazer a cirurgia e foi encaminhado pelo órgão ao Hospital Universitário Onofre Lopes. Na consulta e com todos os exames prontos, o médico se recusou a fazer a cirurgia de hérnia alegando que o paciente estava acima do peso, mesmo sabendo do risco de vida que André Oliver corre. Na conversa com o especialista, André informou que já tinha emagrecido 20 quilos e que estava sendo acompanhado por um endócrino, mas mesmo assim, o médico se recusou.

André Oliver volta para a Sesap e comunica a decisão do médico do Onofre Lopes e para sua surpresa é orientado começar todo processo de novo. Ou seja, abrir procedimento na secretaria de saúde de Extremoz, aguardar a sua inclusão na regulamentação do Estado e esperar a vez numa fila. Diante desta informação o paciente argumentou com os servidores da Sesap que fazer tudo de novo iria demorar meses, mas sem sucesso. Inclusive André tem áudios, vídeos gravados para provar toda essa situação dramática.

E diante do medo da morte, da demora da secretaria de saúde do Estado, André Oliver resolveu mobilizar sociedade, amigos e a imprensa para conseguir apoios e fazer a cirurgia. E sua intenção no momento é tentar fazer particular com ajuda das pessoas que gostam de ajudar. Após a divulgação do seu vídeo nas redes sociais, uma amiga sua residente na espanha criou uma vaquinha virtual com o objetivo de conseguir o dinheiro e fazer a cirurgia que custa R$ 25 mil reais.

Quem desejar ajudar pode acessar o link https://www.vakinha.com.br/vaquinha/cirurgia-hernioplastia , pix 914071924- 34 ou pela conta poupança 2010  013 23327-9 Caixa Econômica Federal. Também podem deixar ajudas pessoalmente na sua residência, na Rua Botafogo, 57, Central Park Clube, Extremoz.  Contatos pelos telefones (84) 996769203 apenas whatsapp e (84) 981087221 ligações normais.

Compartilhe:

Comentário (1)

  • Anônimo Responder

    Isso é um absurdo! Descaso das esferas governamental para a saúde do cidadão.

    14 de janeiro de 2022 at 08:46

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.