E ENTÃO É CARNAVAL (Celso Cruz)

Carnaval não é feriado - Móveis de Valor

 

Eu sou a alegria reinante
Pois então é carnaval
Eu sou o bem vencendo o mal
O amor vencendo tabus
Eu sou os desejos nus
Desempenhando missões
Sou lascivas permissões
Sou a força do querer
A ânsia do aprender
Tirando da vida lições

E então é carnaval
Uma explosão de cores
Desejos ardentes, amores
Cheque em branco nas mãos do desejo
Eu sou o “tudo” que almejo
Eu sou o medo, o medonho
Sou jubiloso, risonho
Em um bailar com a alegria
Libertação, alforria
Hoje feliz, ontem sonho

E então é carnaval
Sou o viver sem lamentos
Folia de sentimentos
Estou de máscara e fantasia
O meu nome é alegria
Meu sobrenome ilusão
Me escondi da razão
Eu sou o aqui e o agora
Mandei a tristeza embora
Por ordens do coração

E então é carnaval
Eu e a felicidade
De braços com a liberdade
Vivendo sonhos sonhados
Se não realizados
Num perseguir persistente
De um mundo diferente
Com o amor como cenário
Equânime, igualitário
Mais justo e convergente. (Celso Cruz)

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.